Capa » Resenhas » Resenha | Guerreiros – Contos sobre lutadores
Resenha | Guerreiros – Contos sobre lutadores

Resenha | Guerreiros – Contos sobre lutadores

Com organização dos escritores Davi Paiva e Lucas Palhão, a antologia Guerreiros – Contos sobre lutadores traz histórias que nos permitem desvendar as diversas faces de um guerreiro. Herói, vilão ou mercenário o esforço desses personagens que vivem na batalha é sempre em prol de uma causa maior: combater o inimigo, proteger territórios, acumular conquistas ou apenas fazer valer o valor pago para executar um determinado serviço.

O grande mérito deste livro está justamente em sua diversidade literária. Pode-se dizer que há contos para todos os gostos, sejam esses inspirados em mitologias próprias ou não. No primeiro caso, temos “O Olho do espirito”, de Davi Paiva. Com uma história ambientada no universo criado em Cavaleiro Negro, o escritor surpreende com um flerte interessante com a metalinguagem. Vale lembrar que não é necessário uma leitura anterior de seu livro solo para entender os acontecimentos deste conto já que o mesmo pode ser lido de forma independente. O mesmo ocorre na antologia Monstros Entre Nós.

Em outros contos, há claros exemplos de autores que utilizaram de forma criativa referências conhecidas do público. No conto “A Ferramenta Infernal”, de Samuel de Andrade, temos o que pode ser chamado de prelúdio de um folclore clássico nacional. Inspirado na mitologia nórdica, “As faces do guerreiro”, de Lucas Nangi, traz uma aventura com tons épicos. Para quem tem alguma base nesse tipo de história, a leitura será bem mais interessante.

Um detalhe de Guerreiros – Contos sobre lutadores que não pode passar batido é o estilo diferenciado de alguns autores. É o caso de “Com um tiro no peito”, de Ricardo Thadeu, onde o sertão vira palco de uma trama com ação, suspense e reviravoltas. Fica o destaque para o uso de versos de cordel, um recurso poético que contribui, e muito, para a narrativa. Inclusive, esta não é a unica história com personagens nacionais. Em “O senhor da lança”, de Lucas Palhão, os índios assumem o protagonismo em um conto que se inspira na linguagem e cultura deles.

Enfim, se você procura um livro que explore bem o significado da palavra guerreiro esta antologia dificilmente irá te decepcionar.  

Sobre Marcus Alencar

Apresentador do Leituracast, Jornalista, blogueiro e um homem de diversas paixões. Amo quadrinhos, cinema e literatura, mas não necessariamente nessa ordem. Acima de tudo, amo a forma como esses meios de comunicação conseguem produzir obras capazes de nos tirar do lugar-comum e propiciar a reflexão. No caso dos livros, destaco toda a saga de Percy Jackson nas séries de livros do escritor Rick Riordan. Não sei se foi à identificação quase que imediata com o personagem central ou fato de sempre me interessar por mitologia grega, mas o importante é que esses livros despertaram de forma mágica meu interesse pela leitura assim como outras grandes obras já fizeram o mesmo comigo em outros períodos e de formas diferentes. Enfim, ler pra mim é uma viagem especial e mágica que sempre farei com muito prazer em qualquer época da minha vida