Capa » Resenhas » Resenha | Árvore de Espíritos – Michelle Pereira
Resenha | Árvore de Espíritos – Michelle Pereira

Resenha | Árvore de Espíritos – Michelle Pereira

O folclore japonês é tão rico em criaturas misteriosas e assustadoras que muitas de suas histórias servem como inspiração para animes e outras produções que lidam com o sobrenatural. A popularidade da cultura oriental é tanta que também inspirou o conto de terror nacional Árvore de Espíritos, da escritora Michelle Pereira.

A trama nos apresenta aos irmãos Pam e Tae, que podiam enxergar espíritos quando crianças. Tentando fugir de sua maldição, Pam se muda para o Brasil. Depois de oito anos vivendo aqui, ela decide retornar para o Japão, mas assim que chega lá o medo volta a assombrá-la. Enquanto espera o pai retornar de uma viagem, a jovem fica na companhia do irmão, porém Tae vem agindo de maneira estranha. Juntos no bosque aos fundos de sua casa, os dois reencontram a coruja — um youkai que guia os espíritos dos mortos para o outro mundo — e essa aparição trará revelações das quais ambos não podem escapar.

A autora não nega seu amor pelo anime Inuyasha, tanto que Árvore de Espíritos foi inspirado nessa produção, absorvendo muitos de seus elementos. A própria animação é baseada na mitologia japonesa dos youkais, criaturas sobrenaturais que possuem diversas particularidades e aparências distintas, ora se assemelhando a animais, ora a seres humanos. O youkai desse conto é parecido com uma coruja, ave repleta de simbolismo em diversas culturas.

A narrativa é bem curta, algo que podemos ler em questão de minutos. Mas nem por isso parece que termina às pressas ou deixa pontas soltas. O suspense não se estende por muito tempo, mas é algo que prende a atenção e surpreende pela revelação do que está acontecendo de fato. Escrever algo pequeno que possua começo, meio e fim de forma satisfatória não é algo simples de se conceber, mas Michelle faz isso muito bem tanto nesse conto quanto em outros microcontos que publica no seu perfil do Instagram.

Árvore de Espíritos é uma leitura ágil e rápida que traz alguns minutos de tensão e surpresas, além de mostrar uma parte mais sombria da cultura nipônica, tão rica em detalhes e significados profundos. Mais um acerto de Michelle Pereira ao se aventurar por histórias de terror e suspense.

Adicione esse conto à sua biblioteca!

Conheça outras obras da autora:

Conteúdo relacionado:

Sobre Mozer Dias

Mozer Dias
Engenheiro civil, resenhista e podcaster. Sou apaixonado pela exatidão dos números e pela subjetividade das palavras. Penso que qualquer pessoa pode se aventurar por esses dois mundos, até porque foram as palavras que me apresentaram aos números e daí nasceu essa relação singular. O primeiro livro que li foi “O Homem que Calculava”, do autor Malba Tahan, que narra história de Beremiz Samir, um árabe com um dom inacreditável para a matemática e uma sabedoria que transcendia a mera racionalidade fria e impessoal. Sendo assim, é esse equilíbrio que busco para minha própria vida: fazer poesia com números e letras, mantendo sempre o coração aberto para a subjetividade que há nas entrelinhas e extrair disso o melhor que eu puder.