Resenha | A Once upon a time tale – Despertar

Resenha | A Once upon a time tale – Despertar

O livro Once upon a time tale – Despertar conta a história de Emma Swan, uma mulher solteira que ganha a vida fazendo bicos como uma espécie de investigadora particular mas que têm sua vida totalmente mudada quando seu filho, Henry, que tinha sido dado para doação há 10 anos, bate na sua porta querendo conhecê-la. Como se isso não fosse o bastante, ainda há o fato dele acreditar que sua mãe é filha de dois grandes personagens dos contos de fadas e salvadora da magia. Ele vive em uma cidade chamada Storybrooke e acredita que todos seus habitantes são personagens de contos de fadas que esqueceram quem realmente são por conta de uma maldição lançada pela Rainha Má.

Bom, feitas algumas introduções, agora só nos resta dizer que a história do livro nada mais é do que um presente para os fãs do seriado homônimo exibido pela emissora americana ABC, atualmente em sua terceira temporada. Escrito por Odette Beane e inspirado nos 22 capítulos da primeira temporada, o livro obtém a façanha de lançar um olhar novo sobre os personagens já conhecidos e tomar algumas liberdades em relação a obra original. É curioso notar, por exemplo, que o recurso de criar duas linhas temporais funciona muito bem no livro tanto quanto na série com a diferença de algumas subtramas terem sido cortadas simplesmente. Alguns fãs da série podem sentir falta de alguns detalhes das histórias de alguns personagens coadjuvantes como é o caso do Zangado, que no seriado televisivo, se apaixonou por uma fada mas teve que abandoná-la por pertencer a um mundo diferente.

Por outro lado, trata-se de uma obra de fácil leitura e que envolve sem problemas até mesmo o leitor que ainda não acompanha o seriado tendo, inclusive, momentos inspirados seja através dos diálogos ou das situações vividas por alguns personagens. É interessante fazer alguns paralelos com alguns momentos tanto em Storybrooke como no mundo dos contos de fada. E isso vai ficando melhor a cada capítulo.

“- Para que acha que servem as histórias?- Para passar o tempo, talvez? – sugeriu Emma.- Já eu penso que sejam uma maneira de entender o nosso mundo – retrucou Mary Margaret. – de uma forma diferente.“

Adicione este livro à sua estante!

once upon a time o despertar

 

Sobre Marcus Alencar

Apresentador do Leituracast, Jornalista, blogueiro e um homem de diversas paixões. Amo quadrinhos, cinema e literatura, mas não necessariamente nessa ordem. Acima de tudo, amo a forma como esses meios de comunicação conseguem produzir obras capazes de nos tirar do lugar-comum e propiciar a reflexão. No caso dos livros, destaco toda a saga de Percy Jackson nas séries de livros do escritor Rick Riordan. Não sei se foi à identificação quase que imediata com o personagem central ou fato de sempre me interessar por mitologia grega, mas o importante é que esses livros despertaram de forma mágica meu interesse pela leitura assim como outras grandes obras já fizeram o mesmo comigo em outros períodos e de formas diferentes. Enfim, ler pra mim é uma viagem especial e mágica que sempre farei com muito prazer em qualquer época da minha vida

Nossos Parceiros