Resenha | A Herdeira do Silêncio

Resenha | A Herdeira do Silêncio

Provavelmente, você já deve ter ouvido alguém falar sobre a ideia de que, se fosse contar a própria história de vida, esta resultaria em um bom livro. No entanto, o que torna especial à história de vida de uma pessoa senão aquilo que a torna única? Já dizia Caetano Veloso que cada um sabe a dor e a delicia de ser o que é. Isso é fato. Todos temos nossas particularidades, características e formas diferentes de enxergar o mundo e viver a vida. Talvez por isso seja tão interessante e mereça uma atenção especial o livro A Herdeira do Silêncio, escrito por Jenny Rugeroni, do blog Fluindo o Olhar.

O livro conta a história de Alexandra Mansfield, filha de Helen Mansfield e Luís Rodrigues, irmã de Paula e Lorena. Logo de inicio, percebemos uma das características marcantes da personagem principal: a timidez. Pode até parecer estranho destacar um lado introvertido da personalidade de alguém, mas nesse caso isto está longe de ser um defeito. Ela é observadora, reflexiva e sensível à realidade onde vive, tanto que a situação social e econômica do Brasil não passa batido por seus olhos. Aliás, em meio a cada passagem vivida e relatada em cada capítulo, conhecemos um pouco mais da cidade de Santa Ângela, localizada no interior de São Paulo. Somos apresentados às dificuldades em se conseguir o primeiro emprego, à situação da saúde pública e a falta de acesso a um ensino de qualidade.

Outro detalhe que devo acrescentar sobre o livro é a insatisfação da personagem principal. Em outras palavras, é uma inquietação que nasce em Alexandra e a motiva para sempre ir além da sua condição, pois mesmo com todas as dificuldades enfrentadas ela ainda consegue seguir seu caminho, sem desistir de seus sonhos. E é muito interessante a forma como isso é mostrado, pois Alexandra narra suas próprias experiências de vida tal qual um diário. Não é um “querido diário“, daquele cheio de florzinhas e fotos, mas é algo muito mais amplo, profundo. Identificamos sentimentos e pensamentos da personagem e percebemos o quanto a história se mistura com o mundo real. Nesse sentido, podemos dizer que A Herdeira do Silêncio do titulo é alguém que não se cala, pois abre seu coração através das palavras.

E, exatamente através dessas palavras, acompanhamos fases da vida de Alexandra, não esquecendo, é claro, de descrever cenários com a mesma precisão com que fala de sentimentos. Talvez seja esse o motivo pelo qual a leitura desse livro seja algo tão especial, afinal, não são os acontecimentos em si que despertam nossa atenção e sim a forma como eles são relatados através de sua visão de mundo. Sendo assim, a palavra silêncio ganha uma outra forma, como se seu significado não fosse algo apenas restrito à ausência de som. Não. Nesse livro, o silêncio é como um sinônimo de liberdade.

Para adquirir um exemplo do livro, basta entre em contato com a autora através do e-mail jenny_rugeroni@hotmail.com

Sobre Marcus Alencar

Apresentador do Leituracast, Jornalista, blogueiro e um homem de diversas paixões. Amo quadrinhos, cinema e literatura, mas não necessariamente nessa ordem. Acima de tudo, amo a forma como esses meios de comunicação conseguem produzir obras capazes de nos tirar do lugar-comum e propiciar a reflexão. No caso dos livros, destaco toda a saga de Percy Jackson nas séries de livros do escritor Rick Riordan. Não sei se foi à identificação quase que imediata com o personagem central ou fato de sempre me interessar por mitologia grega, mas o importante é que esses livros despertaram de forma mágica meu interesse pela leitura assim como outras grandes obras já fizeram o mesmo comigo em outros períodos e de formas diferentes. Enfim, ler pra mim é uma viagem especial e mágica que sempre farei com muito prazer em qualquer época da minha vida

Nossos Parceiros