Capa » Cinema e TV » Uma Aventura no Espaço e Tempo (2013) | Review
Uma Aventura no Espaço e Tempo (2013) | Review

Uma Aventura no Espaço e Tempo (2013) | Review

Um aviso importante para quem é whovian e pretende assistir Uma Aventura no Espaço e Tempo: você vai precisar de dois corações para ver esse filme. Escrito e produzido especialmente para o aniversário de 50 anos de Doctor Who, o especial mexe com as emoções do público assim como as temporadas de cada regeneração do Senhor do Tempo da série britânica.

Na trama de Uma Aventura no Espaço e Tempo, acompanhamos a história por trás da criação de uma das maiores séries de ficção-científica de todos os tempos. Tudo começa em 1963, quando uma jovem produtora frustrada com o teto de vidro da televisão britânica, um novo executivo na BBC, um jovem diretor de ascendência indiana e um velho ator lutando por sua legitimidade artística se juntam para dar início a um novíssimo programa de televisão chamado de Doctor Who. Após algumas dificuldades iniciais, o programa se torna um sucesso, deixando o ator sozinho para perpetuar suas tradições e encarar seu cada vez mais preocupante estado de saúde.

Produção da primeira Tardis em Uma Aventura no Espaço e Tempo

Assim como é esperado em toda produção de época, o filme cria um ambiente ideal para nos transportar para a década de 1960. Isso é algo que se percebe em detalhes como figurinos, maquiagem e até mesmo nos trejeitos de alguns personagens bem específicos como nas brincadeiras de Sydney Newman (Brian Cox) ao interagir com as pessoas no estúdio, por exemplo. A origem desse cuidado todo para contar a história só poderia vir de pessoas que, assim como os fãs, também amam Doctor Who. Esse é o caso do roteirista Mark Gatiss, conhecido pelo público whovian pelos roteiros de diversos episódios da Era Moderna da série.

Sidney Newman, executivo da BBC em Uma Aventura no Espaço e Tempo

Deve ser por esse mesmo motivo que nos sentimos facilmente cativados pela figura de William Hartnell (David Bradley), o primeiro ator a viver o personagem na tv. De início, cria-se uma certa sensação de estranhamento por conta de sua personalidade rabugenta, mas em pouco tempo vamos aprendendo a gostar mais dele a ponto de ficar com um sentimento de apego. Esse é um sentimento comum que nasce no público muitas vezes com regenerações queridas do Senhor do Tempo. Por esse motivo, fica uma tarefa difícil não se emocionar quando chega o momento dele dar lugar ao 2º Doutor vivido por Patrick Troughton (Reece Shearsmith). Como se esse momento não fosse emotivo o bastante, ainda há espaço para uma participação especial capaz de fazer até mesmo fãs com “coração de Dalek” chorar como senão houvesse amanhã.

Interior da primeira Tardis em Uma Aventura no Espaço e Tempo

É importante dizer que Hartnell não rouba totalmente a cena em Uma Aventura no Espaço e Tempo mesmo sendo uma figura central. Isso ocorre porque também acabamos conhecendo todas as dificuldades enfrentadas pela produtora Verity Lambert (Jessica Raine) e pelo diretor Waris Hussein (Sacha Dhawan), dois grandes responsáveis na épica jornada que foi tornar Doctor Who uma realidade na BBC. Além do preconceito sofrido por ambos, sendo o caso dela mais nítido ainda, o filme retrata como tiveram que ser criativos para lidar com problemas de orçamento e interferências de executivos do estúdio. Nesse contexto, está Sydney Newman que além de ser outro grande nome responsável pela criação da série também faz o papel do chefe que não mede esforços para cobrar o melhor de seus funcionários nem que precise ser firme até demais com eles.

Comentários sobre a trama a parte, ficam aqui algumas curiosidades sobre o elenco e suas participações na série. No mesmo ano do lançamento do filme, Jessica Raine interpretou um personagem em Hide (S7E10) e Brian Cox dublou um Ood na primeira parte do especial The End of Time. Claro que nada disso se compara aos retornos de David Bradley e Sacha Dhawan a Doctor Who. O primeiro interpretou um vilão em  Dinosaurs on a Spaceship (S7E2) e o 1º Doutor em The Doctor Falls (S10E12) e Twice Upon a Time (S11E0), os dois últimos episódios com Peter Capaldi como 12º Doutor. Sacha Dhawan, como já sabemos, vive a atual regeneração do Mestre desde a 12º temporada.

Sem sombra de dúvida, Uma Aventura no Espaço e Tempo merece um lugar especial nos corações de cada whovian. Após conhecer a origem das aventuras do Senhor do Tempo na tv descobrimos como nasce um ponto fixo na linha temporal da cultura pop.

Ficha técnica:

  • Título: Uma Aventura no Espaço e Tempo  
  • Data de exibição: 21 de novembro de 2013
  • Roteiro: Mark Gatiss
  • Direção: Terry McDonough
  • Duração: 83 min.
  • Elenco: David Bradley (William Hartnell), Brian Cox (Sydney Newman), Sacha Dhawan (Waris Hussein), Jessica Raine (Verity Lambert), entre outros.

Assista o trailer:

Conteúdo relacionado:

Sobre Marcus Alencar

Avatar
Apresentador do Leituracast, Jornalista, blogueiro e um homem de diversas paixões. Amo quadrinhos, cinema e literatura, mas não necessariamente nessa ordem. Acima de tudo, amo a forma como esses meios de comunicação conseguem produzir obras capazes de nos tirar do lugar-comum e propiciar a reflexão. No caso dos livros, destaco toda a saga de Percy Jackson nas séries de livros do escritor Rick Riordan. Não sei se foi à identificação quase que imediata com o personagem central ou fato de sempre me interessar por mitologia grega, mas o importante é que esses livros despertaram de forma mágica meu interesse pela leitura assim como outras grandes obras já fizeram o mesmo comigo em outros períodos e de formas diferentes. Enfim, ler pra mim é uma viagem especial e mágica que sempre farei com muito prazer em qualquer época da minha vida