Capa » Cinema e TV » Séries | Doctor Who 12×6: Praxeus | Review
Séries | Doctor Who 12×6: Praxeus | Review

Séries | Doctor Who 12×6: Praxeus | Review

[SPOILERS] A 12ª temporada de Doctor Who chega à sua metade com Praxeus, mais um episódio que traz críticas ambientais relacionadas à poluição descontrolada do planeta. Aqui vemos mais um pouco do trabalho em equipe da Doutora e seus companions para salvar a humanidade de uma bactéria alienígena.

O episódio começa com o grupo separado, cada um em um continente investigando estranhos acontecimentos: Ryan (Tosin Cole) está no Peru para descobrir por que os pássaros estão caindo mortos em um lixão, enquanto Yas (Mandip Gill) e Graham (Bradlay Walsh) vão até Hong Kong rastreando uma misteriosa energia alien; já a Doutora (Jodie Whittaker) aparece em uma praia de Madagascar para desvendar o desaparecimento de um submarino. Nesses lugares eles encontram outras pessoas que já estavam enfrentando alguns problemas. Ryan se depara com Gabriela (Joana Borja), uma vlogger que está procurando por sua amiga Jamila (interpretada pela atriz brasileira Gabriela Toloi); Yas e Graham conhecem Jake (Warren Brown, da série Luther), um ex-policial a procura do marido, o astronauta Adam Lang (Matthew McNulty); e a Doutora pede a ajuda dos cientistas Suki (Molly Harris) e Aramu (Thapelo Maropefela).

doctor who praxeus

A separação da equipe Tardis logo no início mostrou como todos os companions já estão capacitados para tomarem decisões sem a presença da Doctor, pois ela confia que todos são competentes. Quem se destacou foi Yas pela coragem de voltar a Hong Kong com Gabriela e depois seguir um dos sujeitos que a atacaram até a nave no fundo do oceano. Graham também teve seu momento ao mostrar sabedoria aconselhando Jake sobre o relacionamento conturbado com o marido.

Dentre os personagens do elenco convidado, quem mais se destaca é o ex-policial. Jake demostra habilidade com armas quando está em sendo perseguido por aqueles mascarados na China; no diálogo com Graham mostra que possui certa profundidade devido aos problemas que tem no casamento e como isso influi nas suas atitudes. Por último, em um ato de redenção, se dispõe a sacrificar-se para salvar a humanidade.

doctor who praxeus jake will

 

Deixando de lado os desempenhos individuais, a trama geral do episódio se sustenta na poluição que afeta a Terra diariamente e nenhuma providência eficaz é tomada. A contaminação dos rios e oceanos com material plástico é algo que acontece sem controle e foi justamente isso que possibilitou que uma colônia de bactérias alienígenas, chamadas Praxeus, pudesse se desenvolver e contaminar os pássaros que, por sua vez, transmitiam a doença aos humanos.

A reviravolta está no fato de que essas bactérias foram trazidas para cá por Suki e sua tripulação. Isso não chega a ser surpreendente porque fica muito suspeito que a jovem cientista tenha um laboratório completo, pronto para atender todas as necessidades da Doutora. A origem da “vilã” não foi muito explorada, mas pelo que o roteiro nos informa, ela veio de um planeta onde o Praxeus dizimou quase toda a população. A Terra, devido à quantidade de poluentes plásticos na natureza, acabou se tornando o laboratório perfeito para cultivar a bactéria e desenvolver uma cura.

praxeus doctor who suki cheng

A surpresa fica por conta do desfecho. Depois que a Tardis replica a cura para a doença e Jake decide se sacrificar para espalhá-la pela atmosfera, ficou claro que o policial morreria ao fazer isso. Afinal a morte é uma coisa bem comum para quem conhece Doctor Who e os finais nunca são totalmente felizes. Mas graças à bondade do roteiro e ao talento da Doutora pilotando sua nave, o homem conseguiu se salvar e resolver seus problemas com o marido.

Se há uma mensagem central em Praxeus, ela é: não poluam seus rios e oceanos, pois nunca se sabe quando uma bactéria de outro planeta irá se proliferar no lixo que cultivamos. Brincadeiras à parte e deixando o lado fantasioso em segundo plano, a poluição é algo traz muitos prejuízos para a humanidade sem ser necessária a intervenção de alienígenas. E o pedido que a Doutora faz aos seus companheiros para que cuidem da Terra também se estende a nós.

Ficha Técnica:

  •  Episódio: 12×06 – Praxeus
  •  Data de exibição: 6 de março de 2020
  •  Roteiro: Pete McTighe e Chris Chibnall
  •  Direção: Jamie Magnus Stone
  • Duração: 50 minutos
  • Elenco: Jodie Whittaker (Décima terceira Doutora), Bradley Walsh (Graham O’Brien), Tosin Cole (Ryan Sinclair),
  • Mandip Gill (Yasmin Khan).
  • Elenco convidado: Joana Borja (Gabriela), Warren Brown (Jake Will), Matthew McNulty (Adam Lang), Molly Harris (Suki Cheng), Gabriela Toloi (Jamila Velez).

Assista ao trailer:

Conteúdo relacionado:

Sobre Mozer Dias

Mozer Dias
Engenheiro civil, resenhista e podcaster. Sou apaixonado pela exatidão dos números e pela subjetividade das palavras. Penso que qualquer pessoa pode se aventurar por esses dois mundos, até porque foram as palavras que me apresentaram aos números e daí nasceu essa relação singular. O primeiro livro que li foi “O Homem que Calculava”, do autor Malba Tahan, que narra história de Beremiz Samir, um árabe com um dom inacreditável para a matemática e uma sabedoria que transcendia a mera racionalidade fria e impessoal. Sendo assim, é esse equilíbrio que busco para minha própria vida: fazer poesia com números e letras, mantendo sempre o coração aberto para a subjetividade que há nas entrelinhas e extrair disso o melhor que eu puder.